23° Festival e os 50 mil reais




Quando lançado o projeto do Festival, o vereador idealizador destacou que não seria usado recursos públicos. 

Como não conseguiram arrecadar todo valor através da iniciativa privada e o festival se aproximava, a prefeitura de Santiago patrocinou com 50 mil reais. 

Os vereadores que defenderam o patrocínio disseram que o valor voltaria aos cofres através do ISS (imposto sobre serviço, como hospedagens, restaurantes e outros), porém, o vereador que realizou o evento, após o término do mesmo, disse ter ganhado uma vaca do Bonoto e que o Cruzeiro emprestou os colchões para a hospedagem dos participantes. 

Agora, a questão é, da onde virá o retorno do dinheiro público investido? 

Foto: rede social/festival de santiago

Comentários

Mensagens populares