Destaques da última sessão na câmara de vereadores


A última sessão ordinária na câmara de vereadores foi marcada pelo "direito de resposta". Sim, alguns vereadores usaram a tribuna para comentar sobre a denúncia do ex-deputado Miguel Bianchini, a mesma relata um possível crime de improbidade administrativa, no caso da venda de terra efetuada pela URI.


Segundo o vereador Clairton Pivoto, todos os documentos encontrados em arquivos digitais, mostram que não existe nenhuma ilegalidade na venda das terras. Ainda, segundo Clairton, o legislativo continuará investigando, agora nos documentos físicos, e, caso seja reconhecido que ocorreu alguma irresponsabilidade, medidas serão tomadas.

Já o vereador Rafael Nemitz, salientou que o ministério público deu parecer favorável à venda das terras e nada há de irregular.


Outro assunto de relevância tratado durante a sessão, foi em relação a PL que trata sobre o executivo alterar o horário de funcionamento para turno único.

Nota deste blog:

O que causa mais estranheza é que alguns vereadores desde já se opuseram ao projeto. Vale ressaltar que não sou a favor ao turno único, mas, alguém que desfruta do privilégio se opor ao mesmo, só que na posse de outro (executivo), soa um tanto hipócrita. 

Mas, além disso, esperamos que esse projeto seja negado pelo poder legislativo.

























Comentários

Mensagens populares