Denúncia - Improbidade Administrativa

Nesta quarta-feira, 07, Miguel Bianchini publicou mias um vídeo efetuando uma grave denúncia em seu perfil no Facebook.

Segundo o  ex-deputado, nos anos 80, a prefeitura de Santiago doou uma área de terra ao extinto FESAN (Fundo Educacional de Santiago), que era o mantenedor da FAFIS, que atualmente é a URI. O total da área doada são 5 hectares, localizada próximo ao CTG Os Tropeiros.

Na época, a doação foi feita para criação de um centro de educação física, no entanto, a lei municipal declarou que, caso a obra não fosse iniciada em até cinco anos, a área doada seria revertida a prefeitura municipal. 

O que se sabe, é que até hoje nada foi construído, e, há poucos dias a URI vendeu a área no valor de 2,3 milhões para um empresário local. 

Ainda, segundo Miguel Bianchini, o prefeito que passou a escritura, cometeu o crime de improbidade administrativa.



Nota do blog:

Não apenas Bianchini, mas creio que todos os munícipes querem uma resposta do motivo da venda ter sido finalizada sem nenhuma interferência do legislativo, afinal, são eleitos e pagos pelo povo para realizar, acima de tudo,  uma excelente fiscalização. 

Comentários

Mensagens populares