De quem é a culpa?


Nosso cenário político vai de mal a pior e adivinhem de quem é a culpa? Pasmem, mas culpa de todo esse horror não é dos políticos, mas nossa.
Infelizmente o fanatismo tomou conta da nossa nação, cidadãos sem o mínimo de noção jogando fora seu voto, muitos não procuram informações sobre o candidato, outros votam apenas por ser de direita, esquerda ou centro. "Se o partido x segue minha linha de pensamento é nesses que eu vou votar", esquecendo que o país não se sustenta com debates sobre ideologias de gênero. É preciso trabalho, trabalho sério.
Nosso país esta quase quebrado e todos sabem disso, e todos carregam essa culpa. Tratar político como herói não resolve. Lula não é herói, pois deixou o país na situação que se encontra. Bolsonaro não é herói, só será se conseguir resolver os problemas da nação, o que eu acho pouco provável diante deste cenário.
Chegamos a um fanatismo tão grande que conseguimos reeleger Maria do Rosário, parlamentar totalmente despreparada, principalmente psicologicamente, fora tantos outros que lá estão.
O Brasil precisa reagir, nós precisamos reagir. Não podemos tratar as coisas como se estivesse tudo normal, pois não está, o estado é crítico. Precisamos rever nos conceitos, não podemos mais desperdiçar votos em pessoas despreparadas. Se você nunca assistiu a uma sessão da câmara dos deputados eu convido você a assistir e tirar suas conclusões. Você verá o tamanho da baixaria, você verá o quanto seu dinheiro é desvalorizado, pois pagamos salários exorbitantes a esses senhores e o que eles fazem é deixar o país quebrado e o povo sem esperança, mas claro, sempre mantendo suas regalias.
Espero que na próxima oportunidade possamos esquecer as questões ideológicas e que nossas escolhas sejam pessoas com competência para nos tirar do atoleiro, pessoas que pensem no futuro, que tragam empregos, saúde e educação, pessoas capazes de abrir mão de seus privilégios em favor do povo, que a centenas de anos vem se arrastando.

Comentários

Mensagens populares